Alimentos saudáveis são tendência para 2024

De acordo com informações da Gepea e Conaq, empresas júnior vinculadas à Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e à UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), respectivamente, os alimentos saudáveis são tendências para 2024. 

Segundo a Gepea (Grupo de Estudos e Projetos em Engenharia de Alimentos), para este ano, alimentos veganos e plant based (dieta à base de plantas) emergem como destaque no mercado de alimentos saudáveis. A entidade destaca que “essa tendência não é apenas uma resposta à busca por opções mais saudáveis, mas, também, uma evolução na percepção de que alimentos à base de plantas podem ser deliciosos, nutritivos e ecologicamente responsáveis”.

Nesse ponto, ainda de acordo com a Gepea, as superfoods continuam sendo as protagonistas nas escolhas saudáveis dos consumidores, atuando como “super-heróis” da alimentação, carregadas de nutrientes essenciais e benefícios para a saúde. Entre as opções, destacam-se: sementes de chia e girassol, aveia, quinoa, iogurte, linhaça e açaí.

Para a Conaq, consultoria alimentar especializada, desenvolver um produto alimentício que melhore a saúde do consumidor é uma iniciativa relevante e alinhada com as crescentes preocupações com a saúde e o bem-estar da população. Além disso, a organização destaca que a alimentação desempenha um papel fundamental na promoção da saúde e na prevenção de doenças, e os consumidores estão cada vez mais conscientes dos alimentos que escolhem.

De acordo com a Gepea, dentre os produtos desta linha, vale citar: alimentos antioxidantes (frutas vermelhas, vegetais de folhas verdes, nozes e chás), alimentos ricos em fibras (grãos), ômega 3, probióticos, alimentos ricos em vitaminas e minerais e, também, detoxificantes (que preservam o fígado).

“Definitivamente, vemos o consumo de alimentos saudáveis não apenas como uma tendência para 2024, mas como uma evolução nos hábitos de consumo que veio para ficar”, afirma Filipe Falcão, sócio-diretor da Sucão, franquia de alimentação saudável.

Segundo Falcão, a crescente conscientização sobre saúde e bem-estar, especialmente reforçada pelas circunstâncias globais recentes, tem levado mais pessoas a optarem por escolhas alimentares que beneficiam sua saúde a longo prazo. “Isso reflete uma mudança significativa no mercado, onde a demanda por produtos naturais, orgânicos e nutritivos está se acelerando.” 

De acordo com Falcão, este ano, é possível observar uma forte tendência no aumento de alimentos que são ricos em proteínas vegetais, que estão cada vez mais populares entre os consumidores conscientes sobre saúde e meio ambiente. 

“A demanda por comidas veganas está se expandindo, não apenas entre veganos, mas também entre aqueles que optam por reduzir o consumo de produtos de origem animal”, observa. “Esperamos ver uma variedade cada vez maior de opções veganas criativas e saborosas no mercado, desde refeições prontas até lanches e sobremesas, atendendo a esse interesse crescente”, explica.

Para o sócio-diretor da Sucão, além de focar em produtos saudáveis, é fundamental que as empresas considerem a sustentabilidade em suas práticas de produção e comercialização.

“A integração de práticas sustentáveis e éticas alinhadas aos valores de nossos consumidores não apenas nos ajuda a construir uma marca de confiança, mas também contribui para um impacto positivo mais amplo na sociedade e no meio ambiente”, afirma.

A Rede Sucão é a franquia de alimentação saudável mais premiada do Brasil. A marca foi premiada pelo Selo de Excelência ABF por seis anos consecutivos; a premiação considera o desenvolvimento e excelência em operações da rede, além da relação da empresa com os franqueados promovidos pela marca.

Para mais informações, basta acessar: https://sucao.com.br/

Author avatar
DINO
Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.