Biometria facial avança e conquista empresas e usuários

A precisão dos sistemas de reconhecimento facial têm avançado significativamente nos últimos anos e emergido como uma das inovações mais transformadoras na área de segurança e eficiência de serviços e processos. De acordo com um estudo realizado pela Acuity Market Intelligence, a previsão é de que, até 2023, mais de 1 bilhão de usuários de bancos digitais tenham utilizado a autenticação facial para acessar suas contas.

Para Rosane Roverelli, diretora da Advantech Brasil, empresa líder global nas áreas de sistemas inteligentes de IoT e plataformas embarcadas,  o reconhecimento facial está revolucionando a interação com a tecnologia e o mundo ao nosso redor. “O sistema está oferecendo uma gama de facilidades que antes pareciam futurísticas, desde o acesso seguro aos nossos dispositivos até pagamentos sem contato e a personalização de serviços. Essa tecnologia está simplificando nossas vidas de maneiras inimagináveis.”

Uma pesquisa realizada pelo National Institute of Standards and Technology (NIST), revela que a precisão da biometria facial atual é de cerca de 96,7%. Isso é considerado muito alto em comparação com outras formas de autenticação, como senhas e tokens de segurança. Em geral, os sistemas de reconhecimento facial mais avançados têm uma precisão superior a 99%. Isso significa que são altamente capazes e confiáveis no processo de identificação das pessoas.

Benefícios do uso da tecnologia

A biometria facial é uma tecnologia que tem como objetivo auxiliar os processos de identificação de pessoas e pode ser aplicada em diversos segmentos de negócio, proporcionando comodidade e segurança. No departamento de Recursos Humanos, por exemplo, seu uso oferece uma solução precisa e eficiente no registro de pontos, eliminando erros e automatizando o processo.

Condomínios residenciais e instituições de ensino estão investindo massivamente em sistemas de controle de acesso baseados em reconhecimento facial. Esse recurso permite a entrada de pessoas autorizadas somente com cadastro prévio, criando ambientes mais seguros e eficazes.

A tendência futura envolve a integração de sistemas de reconhecimento facial em locais públicos e espaços coletivos com grande circulação de pessoas, como aeroportos, estádios e casas de eventos. Essa abordagem visa melhorar a segurança e a eficiência em ambientes de alta movimentação. “Seu papel na segurança pública e no monitoramento da saúde amplia seu impacto positivo, garantindo não apenas conveniência, mas também bem-estar e proteção para todos”, afirma Roverelli.

Desafios na implementação do sistema

O reconhecimento facial é uma tecnologia poderosa, mas também levanta preocupações significativas sobre privacidade e segurança. A questão da privacidade surge quando esses dados são usados sem o consentimento adequado ou quando são compartilhados com terceiros sem o conhecimento do indivíduo.

Além disso, a implantação generalizada do sistema pode levar à vigilância em massa. Câmeras equipadas com essa tecnologia podem rastrear e identificar pessoas em locais públicos, o que pode afetar a liberdade individual e a sensação de anonimato. Muitos países ainda não têm leis específicas para regulamentar o uso do reconhecimento facial. A falta de regulamentação pode resultar em abusos e falta de proteção adequada para os cidadãos.

“É crucial que avancemos com responsabilidade, garantindo que o uso da biometria facial respeite os direitos individuais e mantenha a privacidade como prioridade, para que possamos colher todos os seus benefícios sem comprometer nossos valores fundamentais”, conclui Roverelli.

Para saber mais, basta acessar: Advantech – Computadores industriais, computadores embarcados, automação industrial, placa-mãe industrial, aplicações de segurança de rede, vigilância por vídeo digital, PC em painel, I/O Industrial. ou (9) Advantech Brasil: sobre nós | LinkedIn

Author avatar
DINO
Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.