Service Desk está evoluindo na era digital, afirma especialista

À medida que a era digital continua a remodelar o panorama empresarial, o Service Desk pode surgir como uma peça fundamental na sustentação da infraestrutura tecnológica das organizações. Com a rápida evolução das tecnologias e a crescente complexidade das necessidades dos usuários, surgem desafios e tendências significativos que impactam diretamente a prestação de serviços de suporte.

Os desafios enfrentados pelo Service Desk na era digital incluem a necessidade de oferecer suporte a uma gama cada vez maior de dispositivos e plataformas, a crescente demanda por soluções mais rápidas e eficientes, e a adaptação às expectativas dos usuários em um ambiente cada vez mais orientado para o cliente.

Segundo uma  pesquisa realizada pelo Capterra, para 70% dos entrevistados, o acolhimento ao consumidor teve uma melhora considerável nos últimos anos. Para 48% dos que concederam entrevista disseram que iniciar uma conversa com um agente da empresa, é o primeiro passo para ser acolhido. 

Irene Silva, CEO da Ellevo, uma empresa que oferece solução em automação para atendimento em Service Desk, na gestão do atendimento e relacionamento com clientes, internos e externos, observa uma mudança marcante no cenário desse serviço impulsionada pela rápida evolução tecnológica e pelas crescentes demandas dos usuários.

“Na era digital, esse serviço não é mais apenas um ponto de contato para resolver problemas técnicos. Ele pode ser um facilitador essencial para garantir a produtividade e a satisfação dos usuários”, afirma Silva.

Paralelamente aos desafios, surgem também tendências que moldam o futuro do Service Desk. Entre elas, destacam-se a adoção de inteligência artificial e automação para otimizar processos e aumentar a eficiência operacional, a implementação de soluções para proporcionar uma experiência de suporte unificada e consistente em todos os pontos de contato, e a crescente ênfase na análise de dados para identificar padrões, prever problemas e oferecer soluções proativas.

Ao finalizar, Irene Silva reforça a importância de as empresas investirem em soluções inovadoras e capacitarem suas equipes com as habilidades necessárias para acompanhar a evolução do Service Desk na era digital.

“Aqueles que abraçam essas mudanças e adotam uma abordagem centrada no usuário estarão melhor posicionados para garantir a eficácia e a relevância contínuas de seus serviços de suporte técnico”, conclui.

Com isso, é crucial para as organizações permanecerem ágeis, adaptáveis e focadas na entrega de valor aos usuários, a fim de garantir a eficácia e a relevância contínuas de seus serviços de suporte técnico.

Author avatar
DINO
Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.