Dia Mundial Sem Tabaco: Abordando a “Epidemia de Misconcepção”

GENEBRA, Suíça, May 30, 2024 (GLOBE NEWSWIRE) — Neste Dia Mundial Sem Tabaco, a World Vapers Alliance (WVA) está destacando a epidemia de misconcepção em torno da redução dos danos causados pelo tabaco. Conforme revelado pela pesquisa da Ipsos para o think tank We are Innovation, uma impressionante porcentagem de 74% dos fumantes em todo o mundo acredita erroneamente que o vaping é tão prejudicial ou mais prejudicial do que fumar. Este mal-entendido generalizado é resultado de desinformação e custa vidas, pois milhões de fumantes hesitam em fazer a mudança para um produto alternativo, cientificamente comprovado, 95% menos prejudicial.

“O Dia Mundial Sem Tabaco é uma oportunidade crucial para combater a desinformação e promover estratégias eficazes de redução de danos”, disse Michael Landl, Diretor da World Vapers Alliance. “Em vez de combater cegamente alternativas mais seguras de nicotina, a OMS deveria defendê-las como a chave para um futuro sem tabagismo.”

A Suécia estabeleceu um precedente notável ao adotar a redução de danos. O país estáàbeira de se tornar livre de fumo, não ao proibir produtos de nicotina mais seguros, mas ao endossá-los. O sucesso da Suécia deve servir de modelo para as estratégias globais de redução dos danos do tabaco. A Organização Mundial da Saúde (OMS) deve tomar nota e adaptar sua abordagem atual, que está falhando.

Landl acrescentou, “A OMS perdeu de vista o verdadeiro problema – que é fumar. Ao travar uma guerra contra o vaping e outros produtos de nicotina mais seguros, estão impedindo os fumantes de fazer a mudança. Isto não é apenas errado, é perigoso.”

A misconcepção de que o vaping é tão prejudicial quanto fumar é uma crise de saúde pública por si só. Evidências de numerosos estudos, incluindo revisões abrangentes pela Public Health England, confirmam que o vaping é significativamente menos prejudicial do que fumar.

“Estamos enfrentando uma epidemia de misconcepção e a OMS é parte do problema ao espalhar ainda mais equívocos,” afirmou Landl. “Informação precisa é a pedra angular de uma política de saúde pública eficaz. Devemos garantir que os fumantes tenham acessoàverdade sobre alternativas mais seguras. Fatos devem prevalecer sobre as mentiras!”

A World Vapers Alliance está apelando às autoridades de saúde eàOMS para reavaliar sua posição sobre a redução de danos e priorizar os fatos em vez do medo. É essencial apoiar políticas que promovam alternativas mais seguras ao fumo em vez de vilificá-las.

Em conjunto com esses esforços, a WVA organizou um protesto em frenteàsede da OMS no Dia Mundial do Vape, 30 de maio.

World Vapers' Alliance em Genebra

Esta manifestação visou compelir a OMS a finalmente ouvir os consumidores e reconhecer as evidências científicas em apoio ao vaping, às bolsas de nicotina e a produtos similares como ferramentas válidas de redução de danos. Está na hora de a Organização Mundial da Saúde reconhecer a realidade, abraçar a ciência e ajudar a conduzir o mundo para um futuro mais saudável.

Afinal, é tão simples quanto dar mais escolhas às pessoas, não menos.

For media enquiries, please contact:

Michael Landl
Director of the World Vapers’ Alliance
info@worldvapersalliance.com

Foto deste comunicado disponível em https://www.globenewswire.com/NewsRoom/AttachmentNg/0037ce8c-ca1f-48da-b4d3-384f0718d4a9


Primary Logo

GLOBENEWSWIRE (Distribution ID 9145908)

Author avatar
DINO
Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.