Quanto cobrar pela produção de um vídeo?

Uma das perguntas que mais recebemos na agência é sobre quanto custa a produção de determinado vídeo. E sempre que recebemos, frisamos que precisaremos voltar outras perguntas cruciais para que possamos apresentar o melhor orçamento.

Com o enorme crescimento do mercado audiovisual, tanto em número de profissionais quanto em tecnologia, e o acesso mais fácil a compra de câmeras, inseriu muitas pessoas nova no segmento. Com isso, a concorrência aumento e o receio de perder um job pode gerar dúvidas na hora de precificar seu trabalho.

O fundamental para a cobrança de produção de um vídeo é levar em consideração o trabalho intelectual e também a estrutura e equipamentos necessários para cada produção. Cada produção terá a necessidade de determinados equipamentos e não podem ter cobranças iguais.

Mas sabemos que definir valores é uma tarefa bem complexa, e até mesmo, profissionais com anos de experiências encontram dificuldade para definir. É muito comum que as pessoas se desvalorizem por medo de perder a oportunidade ou por criarem expectativas salariais altas gerando possíveis frustrações. Provavelmente, você já esteve em uma situação estressante quando teme que o cliente não aprove seu orçamento, ou por saber que poderia ter cobrado mais – quando o cliente aprovou a proposta imediatamente, sem hesitação.

Então, como você pode determinar o valor do seu trabalho para que seja justo para você, para seus clientes e o mercado de trabalho como um todo?

Antes de aceitar uma oferta de trabalho ou definir uma proposta para determinado job, é importante seguir alguns indicadores tais como: horas trabalhadas, número de dias da semana, a importância desse job para o cliente e sua responsabilidade no projeto. Além disso, você precisa entender a sua realidade como profissional, seu nível de desenvolvimento, sua concorrência e até mesmo, pisos salariais na sua área de atuação. Só se entendendo como profissional e a realidade do seu trabalho, você conseguirá definir um valor coerente.

Perfil profissional

Inicie esse processo, fazendo uma análise crítica de si mesmo e de sua experiência profissional. Imagine-se no lugar do empregador e avalie quais são seus pontos fortes, o que você pode oferecer e o que ainda precisa para se tornar um profissional mais completo.

Quanto maior o seu nível de estudos, habilidades e responsabilidades, maior poderá ser seu preço. Tenha em sua mente que toda sua jornada para chegar onde está hoje, teve seu custo. O tempo de trabalho e as experiências anteriores também são fatores fundamentais para chegar a um valor, pois demonstram ao seu cliente que você possui as habilidades e a experiência necessárias para fazer o serviço, bem como que enfrentou e superou desafios e potenciais problemas.

Mesmo que esteja no início de sua carreira e não possua tanta experiência e agilidade, lembre-se que seu cliente está apostando em você. Pagando um preço justo, incentivando para que possa realizar um trabalho incrível – e ainda que possa trazer algo inovador, sem os velhos vícios adquiridos após um longo período fazendo o mesmo serviço.

O profissional que você se definir, terá total influência nos tipos de clientes e trabalhos que realizará. Aceitar as responsabilidades e desafios de um cargo sênior ou iniciar sua carreira com pouco emprego. Ou seja, é um longo caminho para a maturidade profissional, e seu valor aumentará junto com o reconhecimento do mercado durante esse período.

É sábio e honesto reconhecer quando uma tarefa excede seu nível de especialização e poder ter uma conversa direta e franca com seu cliente, para determinar se você é o profissional certo para o trabalho. Da mesma forma que é fundamental para o profissional mais conhecido saber quando dispensar trabalhos incompatíveis com o seu perfil, com remuneração inferior à hora ideal, e que possam estar auxiliando no desenvolvimento de novos profissionais. É preciso muita maturidade para “dispensar” um job e entregá-lo a outro profissional, mas é mais lucrativo manter a agenda livre do que aceitar um trabalho sem potencial.

Concorrência

Mas não basta idealizar quem você é ou o que você quer ser como profissional. Você deve entender o mercado de trabalho em que atua e como você se encaixará nele. Para que possa garantir um valor hora de seu interesse, é necessário que existam vagas em potencial disponíveis.

O avanço das plataformas de internet com ferramentas de marketing digital baseadas em vídeo, resultou no surgimento de uma série de novas oportunidades de trabalho na indústria audiovisual. Hoje, além dos trabalhos na indústria cinematográfica, em sua maioria financiados por instituições públicas, empregos em emissoras de TV e empregos em empresas especializadas em eventos sociais, há uma infinidade de oportunidades para trabalhar de forma independente, ou mesmo em empresas especializadas na criação de conteúdo voltado para o público para a web.

Com a abertura do mercado e a criação de novos empregos e oportunidades, novos tipos de clientes surgiram, que agora têm a capacidade e a necessidade de criar conteúdos para autopromoção – algo que antes só era possível com grandes orçamentos, mas que agora pode ser distribuído gratuitamente via mídia digital. Devido à necessidade urgente de estar presente nestes novos meios de comunicação, as empresas vão procurar este serviço mesmo que não tenham um orçamento adequado, resultando na conhecida frase “*preciso do serviço, só no tenho a verba disponível”*.

Como resultado, cria-se a ilusão de que o mercado está desvalorizado e que o trabalho em vídeo está se tornando cada vez mais acessível. Isso não é totalmente mentira. Cada vez mais encontramos empresas buscando serviços baratos e também profissionais oferecendo serviços de baixa qualidade. Mas também temos uma infinidade de profissionais qualificados.

Você sabe a diferença entre Preço e Valor?

Alguns produtores de vídeo independentes cobram por dia ou por semana (o número de horas que trabalham varia de acordo com o tipo de trabalho e a função que desempenham). Despesas como transporte até o local do cliente, custos com equipamentos, alimentação, edição e outras despesas geralmente estão incluídas.

Por outro lado, é possível cobrar uma taxa fixa por todo o trabalho realizado. Por exemplo, em uma gravação de um vídeo institucional que durará dois dias, você pode definir um preço fixo para o trabalho estabelecendo um número específico de horas por dia, incluindo todas as despesas.

É nesse momento que você inicia suas negociações com o cliente sobre o orçamento para produção de vídeo do seu trabalho.

Ao entregarmos uma proposta de orçamento ao cliente, é necessário que ele entenda o VALOR no trabalho, ou seja, que ele entenda claramente o que terá a partir do que foi apresentado na proposta.

Você sabe a diferença entre Preço e Valor?

Você pode começar demonstrando o valor do seu trabalho por meio de um portfólio, avaliações de clientes, uma forte apresentação profissional e a capacidade de ouvir e entender as necessidades do cliente. Ao perceber que valor, poderão conversar sobre preço, ou seja, quanto será pago pela conclusão do trabalho.

O custo de cada tipo de vídeo pode variar dependendo do número de diárias, dos equipamentos de vídeo, iluminação e áudio e do tamanho da equipe. Também é crucial saber quanto seu cliente está disposto a investir, bem como seu nível de experiência na área.

O valor da sua jornada de trabalho também precisa ser considerado, apesar de ser um fator pessoal, pois cada profissional investe uma certa quantia de dinheiro e tempo em aprendizado, cursos, especializações e etc. Algumas tarefas podem levar de 3 a 4 horas para serem concluídas, enquanto outras podem levar 8, 10 ou mais horas.

Agora, faça uma pesquisa rápida sobre o preço praticado pelo mercado dentro do nicho em que deseja atuar e tente adequá-lo às suas características pessoais e profissionais.

Você pode pesquisar temas como eventos sociais, casamentos, recepções, aniversários, batizados, exposições, vídeos corporativos, palestras, cerimônias comemorativas, vídeos institucionais e videoclipes musicais usando palavras-chave, sites de anúncios de emprego, Sindicatos específicos e grupos de discussão.

Quanto cobrar pela produção de um vídeo?

Compreender as expectativas do seu cliente e como ele percebe o projeto de vídeo para o seu negócio é fundamental para garantir que você entregue o melhor com o preço que ele está disposto a pagar. O cliente nem sempre estará preocupado com o tipo de equipamento que será utilizado na produção do vídeo, mas sim com o resultado final que receberá.

Se você tiver todo o equipamento necessário, além de levar em conta suas horas de trabalho, poderá calcular o custo do equipamento como se estivesse alugando. Não se esqueça de incluir um assistente (se houver e outras despesas como deslocamento e alimentação.

Se o projeto incluir a gravação e também edição, você precisa considerar todos esses gastos. A edição geralmente é cobrada pela quantidade de horas que necessitou para tal serviço.

Se ajuste ao cliente

Escute com atenção seu cliente. Deixe que fale suas ideias e só depois, informe seu ponto de vista sobre o projeto.

Evite “adivinhar” preços durante a primeira reunião ou apressar-se e apresentar uma proposta de outro projeto. Antes de preparar seu orçamento, é necessário primeiro entender suas necessidades e discutir as diversas variáveis ​​e opções disponíveis.

Estime o tempo que levará para entregar o trabalho para não criar falsas expectativas ou frustrá-las, pois é natural ficar ansioso para ver os resultados assim que as gravações estiverem concluídas.

Se você quiser definir um prazo de entrega de duas semanas, adicione uma semana a mais, porque se as coisas derem errado, você terá mais tempo para corrigi-las.

Lembre-se imprevistos podem acontecer!

E se ocorrerem e causarem atrasos significativos na entrega, informe o seu cliente para que ele fique a par do andamento da produção. Isso demonstrará preocupação e profissionalismo da sua parte.

No entanto, se você entregar antes do prazo, terá demonstrado comprometimento e, quem sabe, pode até surpreender seu cliente.

Conclusão

 Entregar seu trabalho dentro ou acima das expectativas do cliente por um preço justo para ambas as partes, pode ser um forte indicador de que você será recomendado a outras pessoas e possivelmente se tornará um prestador de serviços em projetos futuros.

Author avatar
Mais Resultado
https://agenciamaisresultado.com.br

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.