Tendências para o marketing digital em 2021

É difícil falar em tendências para o marketing digital nesse próximo ano. O cenário ainda está muito instável e tentando se recuperar da crise causada pela pandemia do COVID-19. Mas ao mesmo tempo, as marcas e empresas não podem ficar apáticas na hora de promover seus produtos e serviços.

Baseado no que estamos vendo da situação atual, a Agência Mais Resultado criou essa publicação para ajudar os clientes a reposicionarem suas peças no tabuleiro para jogar o jogo certo.

Qual a próxima crise?

Uma das principais lições que precisam ser tiradas dessa crise é que tudo pode mudar de uma hora para a outra. E também que as empresas precisam estar preparadas para tudo. Como ter caixa pronto? O que a próxima crise pode afetar? Sua marca está aproveitando todas as opções disponíveis?

Aqui na agência, tivemos três clientes que chegaram para nós pedindo ajuda para montar o seu negócio online, já que eles só tinham lojas físicas e nunca se preocuparam com o digital. Mas a pandemia causada pelo novo coronavírus forçou o aumento do mundo digital. Quem não se adaptou a isso, acabou falindo.

Não menospreze nem minimize nenhuma alternativa. Nunca se sabe quando ela pode se tornar essencial. 

Vídeo será o novo rei

O principal fenômeno a ser observado desse ano é a fundação do vídeo como a principal linguagem de comunicação. E por que isso?

Hoje em dia, é cada vez mais difícil encontrar alguém que não tenha celular. Ainda mais difícil encontrar alguém com um celular sem câmera. E as câmeras de celular estão ficando cada vez melhores. Com mais qualidade, os vídeos saem consideráveis e ficam mais fáceis de serem editados e ficam com um resultado final melhor. Crianças que ainda não sabem ler e escrever, já sabem editar vídeos.

Além disso, equipamentos como tripés e círculos de luz podem ser encontrados com facilidade no camelô. Com isso, cada vez menos pessoas querem pagar o mínimo de dois mil reais para fazer esse serviço, quando elas mesmas podem fazer algo de boa qualidade com o celular. O papel das agências será o de orientar e guiar esse cliente em como gravar esses vídeos e, dependendo do nível de conhecimento dele, apenas editar o vídeo.

O vídeo tomou uma importância enorme. O instagram tem cinco formatos diferentes para vídeo: feed, reels, catálogo, stories e live. O facebook  tem três: feed, stories e live. O youtube, a segunda maior plataforma de busca, é inteiramente voltado para o vídeo. E não podemos deixar de falar do fenômeno de 2020: o TikTok. 

Anúncios em vídeo

Os anúncios em vídeos são a chance de empresas de pequeno porte conseguirem mais exposição e aumentarem seus negócios. Grandes plataformas de streaming como a Globoplay (Rede Globo) e PlayPlus (TV Record) já estão abrindo espaços para pequenos e médios anunciantes nas suas plataformas.

Já as empresas grandes estão seguindo o caminho de financiar filmes e séries. Por exemplo, você notou que todos os carros usados na trilogia “50 Tons de Cinza” são da marca Audi? Isso é proposital. A Audi financiou a produção da trilogia e em troca o produto deles é inserido na narrativa. Product Placement é uma forma sutil e natural de usar o storytelling para promover seu produto ou serviço.

Storytelling

Storytelling é a capacidade de transmitir conteúdo por meio de enredo elaborado e de narrativa envolvente, usando palavras e recursos audiovisuais. A técnica ajuda a promover seu negócio e vender seus serviços de forma indireta, com caráter persuasivo. O storytelling é utilizado com frequência na TV, no marketing e na publicidade.

A vantagem é que, essa é uma forma de se conectar mais fácil com a audiência. Com o storytelling as empresas podem criar o perfil sonho, o perfil que representa o cliente dele para falar com o consumidor potencial.

Ao invés de usar uma pessoa real, como uma celebridade, que pode cometer erros, manchando a imagem da marca associada a ela. A empresa cria esse perfil sonho. Voltando ao exemplo de “50 Tons de Cinza”, o perfil sonho é o Christian Grey (personagem de Jamie Dornan), um homem bonito, jovem, milionário, bem sucedido. Ao usar os carros da Audi no filme, ele projeta ao espectador que quem dirige aquele carro tem todas essas características, criando neles o sonho de ser o cara que dirige esse tipo de carro.

A mudança de relacionamento das marcas com as agências de marketing digital

Com o que já foi falado até aqui é fácil de perceber que as agências de marketing digital também terão que se adaptar, porque a relação delas com as marcas passa a mudar bastante. E essa falta de adaptação pode (e deve) resultar numa falência de agências de marketing digital.

Com empresas pequenas, elas passam a ser uma solução prática. Alguém que a marca paga para cuidar da divulgação e promoção, enquanto ela foca no atendimento ao consumidor e no desenvolvimento do seu produto/serviço.

Já com empresas médias, a função das agências será o de consultoria. Treinar e ajudar a montar a equipe de marketing da empresa. Orientar como os processos, vídeos e artes deverão ser feitos.

E quanto as empresas de grande porte? Com essas, as agências de marketing digital terão o papel de sócias no lucro. Ou serão compradas pela empresa e incorporadas como a nova equipe de marketing. 

Marketplace nos 4 P’s de Kotler

Um dos primeiros assuntos que os alunos de publicidade dão são os 4P’s de Kotler: produto, preço, promoção e praça. Os dois primeiros são auto explicativos. Promoção é a divulgação, apresentar o produto para o público. Já a praça (ou ponto) está ligada à distribuição, onde o seu produto será vendido.

Por muito tempo esse ponto era físico. Lojas na rua ou em centros comerciais como shoppings. Porém, cada vez mais o e-commerce e marketplace têm crescido. E, com a crise mundial da pandemia, os comerciantes estão vendo que as vendas online não podem ser ignoradas.

E nesse ano muitas empresas correram para montar suas lojas online, ou se juntar a marketplaces.  As que não fizeram isso, acabaram quebrando.

Além disso, os custos com as vendas online são muito menores do que com uma loja física, permitindo que o comerciante baixe os preços e atraia mais clientes.

O feijão com arroz do SEO

Lembra quando saber falar inglês era um diferencial no currículo? Hoje em dia, ele é básico. Se você sabe, não faz mais do que a obrigação e, se não sabe, você está fora.

O SEO funciona assim também. Para que você tem um site, se ele não aparece no Google? É essencial ter estratégias separadas para focar apenas em SEO. A tendência é que esse mercado fique ainda mais competitivo.

A supremacia do WhatsApp

Uma novidade esse ano foi a possibilidade de fazer vendas direto pelo Whatsapp. Até agora o aplicativo é o único desse tipo a performar essa função. O problema disso é que sem concorrência o whatsapp passa a dominar tudo e ditar as regras. 

A Agência Mais Resultado tem profissionais de mídias sociais que sabem como ler e interpretar esses números e como agir para conseguir cada vez mais lucros para o seu negócio. Acesse nosso site.

Author avatar
Mais Resultado
https://agenciamaisresultado.com.br

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.