O crescimento da mídia tradicional e online no Brasil em 2023

Muitas vezes, ouvimos previsões sobre o fim iminente da televisão, do rádio e até mesmo do cinema. No entanto, os números nos mostram que esses meios de comunicação tradicionais continuam firmes e fortes. Recentemente, um estudo do Cenp-Meios revelou que a televisão aberta, a internet e o rádio aumentaram sua participação na mídia brasileira durante o primeiro semestre de 2023, em comparação com os percentuais de 2022. Exploremos essas tendências e entender por que essas mídias ainda têm um lugar sólido no mercado.

A ascensão da TV aberta

 

A televisão aberta sempre foi uma parte essencial da vida dos brasileiros. Mesmo com a ascensão de serviços de streaming e plataformas de vídeo on-demand, a TV aberta mantém sua relevância. No início de 2022, ela detinha uma participação de 41,7% no mercado de mídia. Agora, no primeiro semestre de 2023, esse número subiu para impressionantes 43%. Isso demonstra que a televisão aberta continua sendo uma fonte confiável de entretenimento e informação para a maioria dos brasileiros.

 

A força da Internet

 

A internet desempenha um papel cada vez mais importante na mídia brasileira. No ano passado, ela já detinha uma participação de 35,7%, e esse número aumentou para 36,9% no primeiro semestre de 2023. Isso reflete a crescente dependência das pessoas da internet para acesso a informações, entretenimento e compras. A publicidade online também está em ascensão, à medida que as empresas reconhecem o potencial do marketing digital para alcançar seu público-alvo.

 

O Rádio mantém sua relevância

 

O rádio pode ser considerado um dos meios de comunicação mais antigos, mas ainda tem seu espaço. Sua participação aumentou de 3,7% em 2022 para 4% no primeiro semestre de 2023. Isso pode ser atribuído à capacidade do rádio de oferecer conteúdo local, música e notícias em tempo real. É uma mídia adaptada às necessidades do ouvinte, tornando-se uma escolha sólida para muitos.

 

Desafios para a TV por Assinatura e Mídia Exterior

 

Enquanto a televisão aberta, a internet e o rádio estão crescendo, a TV por assinatura enfrenta desafios. Sua participação caiu de 6,3% para 5%, refletindo a concorrência crescente das opções de streaming. Além disso, a mídia exterior também viu uma queda de 10,2% para 9,2%. Esses números sugerem que as empresas precisam se adaptar e inovar para manter sua relevância no mercado.

 

Revistas e Jornais: Sutil queda

 

Revistas e jornais já tinham uma participação pequena em 2022, com 0,4% e 1,7%, respectivamente. No entanto, houve uma queda percentualmente mais sutil, passando para 0,3% e 1,4%. Embora esses meios de comunicação tradicionais tenham um alcance limitado, eles ainda atendem a públicos específicos que valorizam conteúdo de qualidade.

 

O mercado publicitário em ascensão

 

Conforme o levantamento do Cenp-Meios, o mercado publicitário brasileiro movimentou R$ 9,1 bilhões no primeiro semestre de 2023. Isso representa um crescimento de 10% em relação ao mesmo período de 2022, quando o valor foi de R$ 8,3 bilhões. Esses números indicam que as empresas estão investindo mais em publicidade, reconhecendo a importância de alcançar seu público em diversas plataformas.

 

A importância da região sudeste

 

A região Sudeste do Brasil continua liderando os investimentos em mídia, representando 19,1% do total. Isso mostra a concentração de recursos e oportunidades nessa parte do país. No entanto, outras regiões também desempenham um papel significativo, contribuindo para a diversificação do mercado.

 

Em um mundo onde a tecnologia e as tendências de mídia estão sempre em evolução, é importante reconhecer que a televisão aberta, a internet e o rádio ainda têm um papel vital na mídia brasileira. Eles atendem a diferentes necessidades e públicos, complementando-se de maneira eficaz. Além disso, o mercado publicitário continua a crescer, indicando oportunidades significativas para as empresas promoverem seus produtos e serviços.

A tabela abaixo aponta os investimentos em mídia levantados através de 319 agências, sendo 262 matrizes e 57 filiais.

Como era de se imaginar, a região sudeste segue liderando as verbas de mídia nacionalmente, com uma pequena variação, de 2022 para cá, de 19,2% para 19,1%.

Se você deseja explorar todas as oportunidades de marketing, tanto online quanto offline, a Mais Resultado está aqui para ajudar. Somos uma agência de marketing 360 que pode guiar sua marca no caminho do sucesso. 

Entre em contato conosco hoje mesmo e descubra como podemos impulsionar sua presença nas mídias online e tradicionais.

A mídia está em constante transformação, mas a coexistência de várias plataformas é o que torna o cenário de marketing tão dinâmico e emocionante. Não subestime o poder das mídias tradicionais e online! Elas podem ser suas aliadas na busca pelo sucesso! 

Author avatar
Mais Resultado
https://agenciamaisresultado.com.br

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.