O que você precisa saber sobre link patrocinado

O tráfego orgânico tem ganhado cada vez mais destaque no marketing de busca. Porém, links patrocinados também são uma ótima opção para aumentar a abordagem e podem ser usados em conjunto com o SEO. Pensando nisso, a Agência Mais Resultado criou essa postagem para te explicar o que você precisa saber sobre links patrocinados.

O que é link patrocinado?

Quando você pesquisa algo na internet e nos primeiros resultados aparece “Anúncio” ou “Add” do lado é sinal de que aquele resultado é um link patrocinado.

links patrocinados

links patrocinados

 

Em outras palavras, os links patrocinados são anúncios em forma de texto simples. A forma mais conhecida em que eles se encontram é nos mecanismos de busca. Embora haja especialistas que digam que o link patrocinado engloba qualquer link pago que é utilizado para divulgar produtos ou serviços na internet. Isso incluiria também anúncios em redes sociais, por exemplo.

Eles normalmente são separados em:

  • CPC (custo por clique):  o anunciante paga por cada clique no link;
  • CPM (custo por mil impressões): quando o anúncio atinge mil visualizações, ou impressões, o anunciante paga;
  • CPA (custo por ação): só quando o usuário realiza a ação desejada (deixar cadastro, fazer uma compra, dar uma informação) no site que o anunciante é cobrado;
  • CPV (custo por visualização): é pago um valor para cada pessoa que ver o anúncio.

Os valores pagos variam de acordo com o modelo de anúncio e a palavra-chave escolhidos pelo anunciante, cada um contando com suas vantagens e características.

Quais as vantagens?

Fácil de escalar

Por ter um investimento inicial baixo, o anunciante pode começar com pouco e ir aumentando o valor conforme for tendo resultados. Para os que estão começando agora ou os que ainda estão receosos, começar aos poucos e escalar a partir daí pode ser uma boa ideia.

Simples de mensurar

Hoje em dia, não há espaço para realizar qualquer ação de marketing que seja sem ter condições de medir propriamente os resultados e fazer ajustes. Por isso, diferentes plataformas de anúncios contam com ferramentas muito eficientes de análise de métricas e fornecem relatórios com todas as informações que você precisa.

Usando esses dados, a empresa poderá reavaliar a forma como as campanhas estão funcionando e garantir que o investimento não seja perdido.

Rápido para otimizar

As plataformas de anúncio também oferecem formas rápidas e práticas de mudar qualquer elemento de uma campanha. Dessa forma, não é necessário ficar preso a uma decisão inicial errada, e  se tem poder real sobre o dinheiro que está sendo gasto.

Essa agilidade é igualmente útil na hora de otimizar a campanha caso ela esteja indo bem e decida-se ampliar seu alcance.

Feito pensando na segmentação

Um problema ligado aos anúncios pagos tem muito a ver com a ideia tradicional que se tem em relação ao Outbound Marketing. É comum ver panfletos sendo distribuídos para qualquer um que aceite ou comerciais de TV que vendem para “qualquer um”.

Com os links patrocinados essa técnica não é usada. Pelo contrário, eles têm evoluído com o passar dos anos, levando em conta a segmentação de público. Isso significa oferecer produtos e serviços apenas para quem mostrou real interesse de compra neles. Com isso, a empresa é quem escolhe quem vai ver o anúncio.

Tem retorno rápido

Gerar tráfego orgânico é uma ótima opção, mas leva muito mais tempo do que estabelecer uma estratégia com links patrocinados. E é verdade que esse retorno mais rápido também pode durar menos, mas pode ser realizado até que as estratégias orgânicas comecem a fazer efeito. Com essa união das duas abordagens, o retorno vem desde o início.

Aumenta as conversões

Anúncios bem-feitos atraem pessoas que realmente possuem intenção de compra e conseguem convencê-las a agir diante da oferta apresentada.

Em outras palavras, se a criação do anúncio for eficaz, trará um bom índice de conversão e, consequentemente, retorno positivo sobre o valor gasto.

Amplifica outras estratégias

Links patrocinados ajudam também a amplificar as suas outras estratégias, como Marketing de Conteúdo, SEO e presença nas redes sociais. Todas essas estratégias são orgânicas. Os links patrocinados vão ajudar a acelerar os resultados naturalmente, por colocar os usuários em contato com a sua marca mais rapidamente.

Diminui os custos de marketing

A lógica é simples. Aumento nas conversões, aceleração de estratégias orgânicas e retorno rápido são fatores que certamente irão contribuir com a diminuição dos custos de aquisição.

Fortalece a marca

O contato direto com o público ajuda a manter a marca constantemente na mente das pessoas que se deseja conquistar.

Ao verem que a empresa tem um plano sólido de divulgação, essas pessoas se sentirão mais inclinadas a ouvir qual é a sua mensagem e respeitar mais a marca, antes mesmo de entrar em contato com ela.

Quanto custa?

Depende. Como dito acima, o valor vai variar de acordo com o modelo do anúncio, a(s) palavra(s)-chave escolhida(s) e a quantidade e especificidade dos filtros usados. Não existe um valor mínimo. E de uma forma geral, links patrocinados são um investimento barato, porém, se a palavra-chave for concorrida, o valor pode subir e muito.

O controle de custo é feito diretamente pela ferramenta e pode ser acompanhado em tempo real à medida que as campanhas vão recebendo cliques durante o dia, neste ponto os valores de orçamento diários já devem estar definidos na criação de campanha ou ao longo do período de performance. Vale lembrar que os valores podem sempre ser alterados e o controle é bem preciso.

Vale dizer também que é muito importante tomar cuidado na hora de montar as campanhas. Erros são comuns, mas nesse caso, eles podem acabar custando muito dinheiro.

3 comments

  1. […] no mundo digital corre um risco significativo de ficar para trás no mercado. Nesse contexto, o Google Ads é uma ferramenta eficaz para impulsionar seu negócio, atingir o público-alvo certo e aumentar […]

  2. […] entanto, antes de exibir qualquer um desses anúncios nos resultados de pesquisa, o Google Ads identifica primeiro aqueles com a classificação mais […]

  3. […] Leia também: O que você precisa saber sobre link patrocinado […]

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.