Tipos de CRM: quais são e como utilizá-los

O CRM tem por significado, Customer Relationship Management, e traduzindo para o português, significa Gestão de Relacionamento com o Cliente. 

Porém, muitas pessoas não sabem a razão de ser tão importante ter um bom relacionamento com o cliente. Então, fique nessa leitura e entenda como utilizá-los.

Sem os clientes, a empresa não tem recursos, e em alguns negócios, o consumidor é considerado a estrela e o principal fator de evolução da companhia, da entrada de capital e até mesmo da decisão dela. Então, o relacionamento com o comprador é muito importante.

Caso saiba controlar a informação, principalmente sobre tudo que é conversado com ele e o nível de satisfação, a parceria dura muitos anos e para isso, existe esse sistema de CRM, podendo ser controlado através do mundo digital.

Hoje em dia, o software de CRM consegue controlar de uma forma mais rápida e ágil do que era monitorado antigamente. 

Geralmente, ele é feito através de uma caneta e papel, hoje em dia, é possível até mesmo investir em um curso gestão de relacionamento com o cliente.

Quais são os 4 tipos de CRM?

Existem diversos tipos de CRM e uma das primeiras considerações a se fazer, é que existe o de pré-venda e o de recorrência. 

O primeiro é aquele que diz respeito ao cliente para o qual você ainda não vendeu e o pós-venda, o cliente realiza uma compra. 

Além disso, existem outros tipos, como:

  • CRM Marketing;
  • CRM de vendas;
  • CRM de suporte;
  • CRM estratégico.

Cada um desses tipos de CRM requer uma ferramenta específica de acompanhamento das negociações. 

Portanto, é muito comum que nas empresas que tenham processos de média ou longa maturação, exista uma metodologia em que primeiro capta o cliente e ele passa a ser um lead.

E conforme esse tipo de cliente existe, você passa a imaginar que pode ser um consumidor do seu produto ou do seu serviço. 

Inclusive, pode até mesmo investir em um curso de gestão comercial para melhorar e aprimorar as técnicas durante a divulgação, envolvendo o comércio.

Quais os benefícios desses CRM?

Por mais que o CRM possua tipos diferentes, o seu objetivo é um só, envolvendo um conjunto de estratégia e uma antecipação necessária dos clientes para atendê-los da melhor maneira. 

Para isso, envolvem diversas áreas e departamentos, até mesmo para quem faz parte do curso online design de interiores quando possuir o seu projeto.

Com isso, as empresas possuem mais assertividade em suas campanhas comerciais, de marketing e atendimento, aumentando assim as vendas. 

Existem softwares CRM que rejeitam as informações valiosas dos clientes para proporcionar uma análise de dados e a tomada de decisão.

Os dados que são armazenados dependem do seu objetivo, mas podem ser nome, endereço, telefone, e-mail, visitas ao sites, entre outros. 

Imagine que um cliente, depois de comprar um serviço ou utilizá-lo, ligue na empresa reclamando, se já identificar quem é ele, é possível promover um atendimento rápido, dinâmico e personalizado.

Com essa ferramenta, também é possível automatizar o envio de pesquisas de satisfação, integrando com a plataforma, podendo direcionar e pontuar os leads, acompanhando as interações e o estágio em que ele se encontra no funil de vendas. 

Além disso, o gestor também poderá investir em um curso de ouvidoria para casos de reclamações.

Como aplicar na sua estratégia de marketing?

É necessário fazer a coleta de algumas etapas que são consideradas as principais para aplicar o CRM na estratégia de marketing. 

Sendo assim, o primeiro passo é definir quais são as informações relevantes que precisa saber sobre os seus consumidores, porque elas irão ajudar a conquistar os seus objetivos.

Depois de definir as informações mais importantes, a segunda etapa de fato é coletar e armazená-las. 

Esse é um trabalho que será feito aos poucos, mas conseguirá guardar bastante informações pertinentes ao seu negócio.  

Inclusive, pode até mesmo investir em um curso de programação de sistemas para saber mexer melhor com os equipamentos nos quais os dados serão armazenados.

A terceira etapa, é usar ao seu favor essas informações, seja para vender mais ou fidelizar, com base no objetivo em que definiu, terá as informações necessárias para isso. 

Será necessário criar um relacionamento com essa pessoa, e com uma boa relação, é possível fidelizá-lo como cliente ou fazer ela efetuar a primeira compra.

A última etapa, é sempre atualizar as informações na base de dados, com novas informações sobre os consumidores. 

Principalmente, datas comemorativas, alguma observação e até mesmo a última compra em que o cliente efetuou. 

Agora, acho que já deu para entender o motivo do CRM ser tão importante e como ter um relacionamento com o cliente poderá ajudar a organização a ter um aumento em suas vendas.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Top News Tech, site voltado 

para a veiculação de conteúdos relevantes para empresas, contribuindo com estratégias para o desenvolvimento do negócio.

Author avatar
Mais Resultado
https://agenciamaisresultado.com.br

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.